Facebook

Navigation Menu

26 de fevereiro de 2009

Trajetória Miss Sergipe


O concurso Miss Sergipe é a competição que escolhe a representante do estado de Sergipe, na etapa nacional do Miss Brasil.
A melhor colocação de Sergipe foi obtida em 1964, com Maria Isabel de Avelar tendo ficado em terceiro lugar. A mais recente colocação de Sergipe foi em 1995, quando Ellen Fonseca foi semifinalista. Sergipe é um dos estados que mais vezes conquistou títulos de Miss Simpatia na história do concurso; essa premiação especial existe até hoje. Quatro Misses Sergipe foram Misses Sergipe Mundo e uma chegou a ser Beleza Sergipe, mas não disputou o Beleza Brasil.

Colocações
3ª colocada: Maria Isabel de Avelar Elias (1964)
Maria Isabel de Avelar Elias, terceira colocada no Miss Brasil 1964, foi eleita Miss Brasil Mundo representando Sergipe. É a primeira mulher desse estado a ostentar esse título. O concurso foi realizado na cidade do Rio de Janeiro.

Foi a quarta colocada no concurso de Miss Mundo, ocorrido no mesmo ano em LondresReino Unido.
Top 6: Nayane Pacheco (2010)
Top 8: Zélia Maria Lopes (1963)
Top 10: Márcia Menezes (1980), Ellen Fonseca (1995)

Miss Simpatia: Ana Paula Santana (1983), Cleide Jane Teixeira (1994), Patrícia Borges (1996), Juliana Melo (2004), Nayane Pacheco (2010)
Miss Fotogenia: Maria Isabel de Avelar Elias (1964)
Melhor Traje Típico:
Maria Isabel de Avelar Elias (1964)
Vencedoras
2010
Nayane Pacheco (Atalaia) 23 anos
2009
Luna Meneses; foi aclamada
2008
Kary Borges (Estância) 21 anos
2007
Paloma Melo (Nossa Senhora do Socorro) 21 anos
21
2006
Aislei Souza (Propriá) 19 anos
2005
Claudianne Bonfim
2004
Juliana Melo
Miss Simpatia
2003
Fabrizia Santana
Posteriormente
Beleza Sergipe 2005 (porém não disputou o Beleza Brasil 2005)
2002
Ana Carla Dantas Ferreira
2001
Karina da Costa Barreto
Posteriormente
Miss Sergipe Mundo 2001
2000
Josiane Santos Ângelo
1999
Fernanda Lacerda de Souza
1998
Stela Maris de Holanda Marinho
1997
Karla Wivianny Andrade Mendonça
Posteriormente
Miss Sergipe Mundo 1997
1996
Patrícia Borges
Miss Simpatia
1995
Ellen Dutra Fonseca
Semifinalista
1994
Cleide Jane Teixeira
Miss Simpatia
1993
Não houve eleição; a Miss Brasil foi aclamada
1992
Raquel Dalla Bernardina
Posteriormente
Miss Sergipe Mundo 1992
1991
Não houve representante
1990
Não houve eleição
1989
Patrícia Loeser de Carvalho
1988
Ângela Maria Mendonça Costa
1987
Fernanda da Silva Costa
1986
Rita de Cássia Freire do Amor
1985
Laudicéa Aparecida Gildo
1984
Rita de Cássia Lourenço da Silva
1983
Ana Paula Santana
Miss Simpatia
Posteriormente
Miss Sergipe Mundo 1985
1982
Marisol Lima Ramos
1981
Carmen Elisa Marin Pansani
1980
Márcia Menezes Mello
Semifinalista
1979
Kátia Maria Ferreira da Costa
1978
Maria das Graças Santos
1977
Elizabeth de Souza Silva
1976
Maria Wilma Prata
1975
Maria Wilma Santos
1974
Helenita Santos
1973
Ivany Apóstolo de Melo
1972
Jocenyr Monteiro Santos
1971
Luciene Campos de Oliveira
1970
Cláudia Toscano de Brito
1969
Maria Carmen Gentil Barreto
1968
Leonísia Fonseca Mota
1967
Maria Hortênsia de Góes
1966
Lygia Sampaio Fiscina
1965
Maria Luiza Vieira da Cruz
1964
Maria Isabel de Avelar Elias
3ª colocada
Miss Fotogenia e Melhor Traje Típico
4° lugar no
Miss Mundo 1964
1963
Zélia Maria Mendonça Lopes
Semifinalista
1962
Gleide Maria de Freitas
1961
Elenita Teixeira Lôbo
1960
Maria Bandeira de Melo Labuto
1959
Maria Aparecida Guimarães Santos
1958
Maria Nilza de Brito
1957
Maria Helena Morais e Silva
1956 Graciema Madureira de Melo
Morena de olhos e cabelos castanhos, 22 anos de idade, foi a representante de Sergipe. E o que se pode dizer é que o pequenino Estado mandou uma grande Miss. Simples, sem qualquer atitude sofisticada e com um tipo bem brasileiro, Graciema impressionou muito bem no desfile da noite de 16 de junho, no Hotel Quitandinha. Sua simpatia, por outro lado, cativou todos os que a conheceram. Enamorada de sua cidade, Aracaju, Miss Sergipe declarou-se encantada com o Rio e com São Paulo. Cumpriu com rara pontualidade todos os pontos do exaustivo programa organizado para as misses nas duas capitais e, quando tudo acabou, não se mostrou cansada. “Ao contrário – disse – gostei muito.” Na eleição de Miss Brasil, Graciema desfilou com um belo vestido modelo de Organdy Paramount, um vestido colante, que fez muito sucesso. Suas medidas: altura, 1,59; cintura, 58; busto,79; quadris, 81; peso, 50; coxa, 51 e tornozelo, 21.
Informações do Blog Passarela Cultural
1954-1955
Não competiu

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO!

1-Comente apenas sobre o conteúdo da postagem, caso o comentário aborde outro assunto que não seja o exposto no texto, ele será excluído.
2-Não use palavras de baixo calão.
3-Se deseja comentar , reclamar ou participar das redes sociais do site, é só clicar no link desejado.

APROVEITE NOSSO CONTEÚDO NAS REDES SOCIAIS!

Instagram
Twitter
Facebook
TV Beleza Sergipana
Assine nosso feed
Entre em contato conosco